Dia do Caminhoneiro - 30/06


Muita gente pode fazer uma idéia errada do que seja a profissão de caminhoneiro. Não é apenas pegar um caminhão e sair pelas estradas ou pelas ruas das cidades segurando um volante. Cada caminhão, cada carga, requer uma habilidade específica. Um jeitinho todo especial que influi de maneira decisiva no resultado do transporte. Trafegam pelas estradas brasileiras cerca de dois milhões de caminhoneiros e transportam 60% da carga movimentada no Brasil. É um profissional que passa muito tempo longe de casa, às vezes viajando semanas sem parar. Conhecem a estrada melhor do que ninguém!

Dia do Caminhoneiro é celebrado em três diferentes datas

Se depender do calendário oficial, o caminhoneiro pode se preparar para comemorar três vezes por ano o dia em que sua profissão é reconhecida pela sociedade. Em vez de focar na solução de problemas graves, como fiscalização do excesso de horas ao volante, infraestrutura inadequada, frota envelhecida ou a manutenção de estradas, o Poder Público Federal e Estadual instituiu diferentes datas comemorativas que ainda conflitam com o tradicional 25 de julho, dia do santo católico São Cristóvão em que os estradeiros pedem bênção e proteção divina em suas jornadas de trabalho. A data mais antiga, e também a mais reconhecida pelos caminhoneiros, é 25 de julho, o Dia de São Cristóvão – a Igreja Católica instituiu essa data após canonizá-lo no século XV. Instituído como padroeiro de todos os viajantes, o santo também é protetor de marinheiros, aviadores e motoristas de todo tipo de veículo, leve ou pesado. De acordo com a liturgia cristã, Cristóvão significa “aquele que carrega Cristo”. O santo era um gigante que queria servir ao mais poderoso de todos os homens, e chegou a trabalhar para Satanás. Mas, quando soube que o mais poderoso era Jesus, converteu-se e foi viver na margem de um rio. Lá, carregava pessoas de uma margem à outra. Certa vez, transportou um menino que ficava cada vez mais pesado. Quando Cristóvão reclamou que parecia que carregava o mundo nas costas, o menino falou: “Não carregas o mundo, carregas seu criador. Sou Jesus, aquele a quem serves”.

As datas oficiais

No Brasil, o governo do Estado de São Paulo e a União, sem muitas explicações, definiram datas diferentes para celebrar a profissão de caminhoneiro. Em 30 de dezembro de 1986, o então governador Franco Montoro assinou a Lei 5.487/86, que instituiu 30 de junho como o “Dia do Caminhoneiro”. Trata-se, portanto, de uma data regional. Mas, 23 anos depois, o presidente da República em exercício, José Alencar Gomes da Silva, firmou que o dia 16 de setembro tornou-se o “Dia Nacional do Caminhoneiro”, fato registrado com a publicação da Lei 11.927/09. A data nacional surgiu do projeto de lei 6.341/02, do deputado Celso Russomanno. “Toda categoria profissional tem a sua data comemorativa, quando se festeja com orgulho a profissão que escolheu. No caso dos caminhoneiros, essa data já é comemorada de maneira informal; o que pretendemos é oficializá-la”, justificou o parlamentar. Se depender dos homenageados, o dia do santo católico é campeão disparado. Na cidade gaúcha de Caxias do Sul, entidades como a Federação dos Caminhoneiros Autônomos do Rio Grande do Sul, que reúne 180 mil profissionais, o dia 25 serve para pedidos de proteção espiritual e física. Inclusive, há na cidade uma igreja em formato de caminhão, a Igreja São Cristóvão, devidamente localizada às margens da BR-116, no Km 142.


Oração

Ó Senhor, por intercessão de São Cristóvão, padroeiro dos motoristas, dai-nos firmeza e vigilância nos muitos caminhos da vida em busca de trabalho, lazer, felicidade e realização. Todos somos caminhantes nas estradas deste mundo, acompanhai-nos constantemente para chegarmos ao destino sem acidentes e contratempos. Protegei, ó Senhor, os motoristas que conduzem os modernos meios de transportes. Que eles possam ser guiados por vosso Espírito, e assim ajam com sabedoria e respeitem as leis de trânsito. Protegei, ó Senhor, aqueles que caminham conosco e ajudai-nos a respeitar a todos, pedestres e transeuntes, agindo sempre com prudência. Protegei, ó Senhor, os jovens que dirigem e dai-lhes um coração sempre voltado à vida. Que possam descobrir vossa presença viva no mundo e respeitem a todos. Que cresçam sempre guiados pelo vosso Espírito para que sejam os protagonistas da nova sociedade do terceiro milênio. Confortai, ó Senhor, as famílias que perderam as pessoas queridas, vítimas do cruel trânsito brasileiro. Dai-lhes a esperança necessária para viverem em vossa presença sem condenação ou rancor. Que possamos, Senhor, descobrir vossa presença na natureza e um tudo o que nos rodeia, amando assim cada vez mais a vida. Amém!

Nenhum comentário: